Horta da Mila

21 junho 2007

Furacão

De olhar perdido no horizonte
Pressinto a tua subtil chegada.
Aguardo-a ansiosamente
Vem, tenho uma surpresa preparada .

Ai estás, espectáculo! Lá ao fundo!
Surges tal um arco – íris
Para perturbar o meu mundo
Sempre que avanças pelos areais.

Chegas a cantar rodopiando
Avanças como furacão no mar
Com grande furor e arrebatando
Deixas-me louco com teu dançar

Fenómeno da natureza
Tal como uma corda vibrante
Na sua mais harmónica pureza
Lança seu som arfante

Continuas tua dança diabólica,
Deixo-me envolver firmemente
Quando penetro na tua musica
Forma-se um só corpo ardente.

Gera-se grande turbulência
Mas este furacão não arruína
Simplesmente põe em evidência
Uma vida de prazeres, sem rotina.

(Imagens retiradas da net)

19 Comments:

  • Oi Mila! Hummm no olho do furacão, bela homenagem seu poema faz!

    E como você escreve bem né sua menina?

    bjs
    O Sibarita

    By Blogger O Sibarita, at 21/6/07 1:44 da manhã  

  • Palavras que rodopiam
    pelo ar em plena harmonia!!!

    Bjs.

    By Blogger © JJCN 07, at 21/6/07 11:41 da manhã  

  • Olá Milokas !!!

    Uuuuuuuaaaaaaaaaaauuuuuuuu !!!!!!

    Mas que "chamamento" , mas que rugido de furacão é feito esse grito ....lol

    Belo Poema minha Linda ;)

    Gostei de ver :)

    Um Beijo Grande em forma de furacão te deixo ;)

    By Blogger Reflexos da Alma, at 21/6/07 2:30 da tarde  

  • Mais um duplo ou até talvez triplo...furacão
    E que vá havendo furacões destes 'que não arruínam',... sem rotina

    By Blogger Crix, at 21/6/07 3:48 da tarde  

  • de olho nele...no furação?????


    Bom eu ando de olho mas no SOL

    beijos a procura de calor

    By Blogger LEXIA, at 21/6/07 4:35 da tarde  

  • Grande foto!Poderoso!!!*Abraços*

    By Blogger Plum, at 21/6/07 5:25 da tarde  

  • Só posso dizer que suas palavras foram tão devastadoras quanto um furacão.

    Beijos risonhos.

    By Blogger Bruxinhachellot, at 21/6/07 7:20 da tarde  

  • Sublime.

    Um beijo...escondido em mim!

    By Blogger Escondida em mim, at 21/6/07 8:22 da tarde  

  • Que poema intenso !
    Adoravel :)
    jokas de bfs

    By Blogger cusca, at 22/6/07 11:59 da manhã  

  • Que lindo Mila, forte!

    Bom ler-te, belos escritos..

    Abraço!

    By Blogger Vívian, at 22/6/07 12:48 da tarde  

  • Gostava de ter a força libertadora de um vulcão.
    Tenho a certeza de que só respiro e desejo, as forças uso-as em tudo o que é superfluo, como se fosse o mais importante e imprescindível.
    Resta-me o conforto de conhecer outra alma inquieta que para além de respirar, também inspira outros.
    É como se fosse uma explosão de luzes e cores a bailar, sempre que me lembro de Viver, sempre que o objecto amado está presente e se revela intangível no seu labirinto.

    By Anonymous Zarth, at 22/6/07 12:53 da tarde  

  • Um vir de mansinho que se faz turbilhão, encanta no olhar e
    atormenta o coração...
    Das palavras em crescendo, vão nascendo a poesia. É assim o amor
    é assim a magia.

    É assim o teu poema

    Um fim de semana mágico é o que eu desejo, um beijinho

    By Blogger Gi, at 22/6/07 2:00 da tarde  

  • Minha Linda !

    Agradecendo mais uma tua gostosa visita, aqui te deixo uma beijoka saborosa e votos de um bom fim de semana ;)

    By Blogger Reflexos da Alma, at 22/6/07 2:50 da tarde  

  • beijos de fim de semana

    By Blogger LEXIA, at 22/6/07 4:14 da tarde  

  • Um vendaval de palavras e imoções...


    Gira a vida em sua roda, invisível, celebro os dons da terra com a aurora, no espelho desta lagoa em arrepio, vejo um conhecido rosto que chora.

    Bom fim de semana

    Doce beijo

    By Blogger o alquimista, at 22/6/07 4:22 da tarde  

  • Todos temos um furacão dentro de nós, que tem várias formas de se manifestar...
    Gostei deste teu furacão de palavras!


    Um terno beijo!

    By Blogger A.S., at 22/6/07 5:26 da tarde  

  • DESEJOS ARDENTES

    Quero nos teus braços ser acarinhada
    nos teus beijos encontrar todo amor
    desnudando minha alma apaixonada
    e alucinada para sentir o teu calor.

    Te quero pomposo e imperioso
    libertando todos os meus desejos contidos
    com teu jeitinho atrevido e malicioso
    provocando em mim suspiros e gemidos.

    Permita-me te amar ardentemene
    saciando as minhas desvairadas fantasias
    toma-me nos teus braços com desejos ardentes
    e grave em mim a marcas das tuas ousadias.

    Faça-me prisioneira de todos os teus carinhos
    meu corpo inquieto clama por paixão
    quero a chama de todos os ninhos
    e teu corpo como lavas de um vulcão

    Bjus iluminados e perfumados de Delirios...

    By Blogger DELÍRIOS, at 22/6/07 8:57 da tarde  

  • Minha Querida Milokas !

    Passei para ler o "Furacão" e deixar-te muitas Beijokas Grandes , grandes , grandes , grandes .... rssss....

    Gosto de ti miuda ;)

    Beijos e Bom fim de Semana !!!!

    By Blogger Reflexos da Alma, at 23/6/07 6:33 da tarde  

  • obrigado,foi muito util essas infomasoes para mim agora na escola acho que vou tirar um 10 rsrsrs by naiany

    By Anonymous Anónimo, at 3/5/11 5:52 da tarde  

Enviar um comentário

<< Home