Horta da Mila

18 abril 2007

Íris

Surges nesta vida com esplendor
Com tamanha imponência
Que chega a causar dor
Só de saber da tua existência

Ao olhar-te o meu ar rarefaz
Põe-me a sonhar naqueles momentos
Em que tu, tal como borboleta audaz
Me seduzes e lês os pensamentos

Hipnotizas, és potente, drástico
Gentil e com cumplicidade
Ai estás tu!!! Ente fantástico
Com toda a tua excentricidade

22 Comments:

Enviar um comentário

<< Home